FDA aprova a primeira droga feita com tecnologia de impressão 3D


4 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 4 4 Flares ×

spritam_00

 

O FDA, Food and Drug Administration, que regula a criação de novas drogas e medicamentos, acaba de aprovar o primeiro medicamento impresso em 3D.

Esta revolução da impressão tridimensional chegou também à indústria farmacêutica. Esta droga agora projetada chama-se SPRITAM e foi desenvolvida com a tecnologia ZipDose, da empresa Aprecia.

 

 

O medicamento projetado através da impressão 3D SPRITAM, foi desenvolvido nesta tecnologia para ter exactamente a dosagem certa. Está indicado para o tratamento da epilepsia e a sua composição faz com que seja solúvel em água com uma quantidade mínima de líquido, o qual é absorvido na corrente sanguínea em menos de 10 segundos.

 
O fato de ser desenvolvido nesta tecnologia, torna muito mais rápida a sua ação no organismo, com o nível de compactação menor e sem que com isso perca as características estruturais.

spritam_01

 
 
 

A utilização da impressão 3D para fins medicinais não é nova, mas esta é a primeira vez que a FDA aprovou uma droga concebida por impressão 3D.

As portas estão abertas para novos fármacos e novas soluções, quem sabe, bem mais baratas e à medida das necessidades de cada doente.

 

Não acredita?

Olhe abaixo imprimindo um medicamento para asma:

 

 

Print Friendly

Postagens relacionadas:

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Deixe um comentário

ou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *